0
Acções
Pinterest Whatsapp

Se você não quer ficar preso em algum lugar, é fundamental cuidar do motor do seu carro. A maneira mais fácil de fazer isso é trocando o óleo regularmente. Se você não fizer isso, você está pedindo uma falha do motor. A boa notícia é que as trocas de óleo são bastante baratas e rápidas. Se desejar, você mesmo pode alterá-lo. Neste artigo, explicaremos tudo o que você precisa saber sobre o óleo do motor.

O que o óleo do motor faz?

Basicamente, o óleo do motor lubrifica as partes móveis do motor do seu carro. Ele faz isso percorrendo o sistema de óleo do seu veículo, composto do seguinte: 

  • Cárter de óleo
  • Filtro de óleo
  • Bomba de óleo
  • Galerias de óleo

Abaixo você encontrará as 5 funções do óleo do motor.

5 funções do óleo do motor 

Existem cinco coisas que o óleo de motor faz pelo seu motor. Eles são os seguintes:

Lubrifica o motor

Conforme o óleo é bombeado para o motor, ele lubrifica as partes móveis, deixando uma película escorregadia sobre elas. Este filme diminui o atrito, minimizando o contato entre os componentes. Isso ajuda a reduzir o desgaste das peças do motor, aumentando a vida útil do motor.

Remove contaminantes 

Quando um motor funciona, ele cria contaminantes e subprodutos que podem impactar negativamente em seu motor. Conforme o óleo circula, ele coleta esses contaminantes e evita que danifiquem os componentes do motor. Isso ocorre por causa dos dispersantes que são adicionados ao óleo quando ele é produzido, dando-lhe a capacidade de manter o motor limpo.

Mantém a temperatura do motor

Quando você liga o motor, ele começa a esquentar. O óleo do motor remove esse calor e leva-o para o cárter ou resfriador de óleo. o óleo do motor é, na verdade, responsável por cerca de 40% do processo de resfriamento de um motor. Além disso, ele mantém as temperaturas constantes à medida que flui sobre as superfícies. 

Previne Corrosão

Quando um motor está funcionando corretamente, o óleo cria uma barreira entre as peças do motor para protegê-las contra a corrosão. Os óleos modernos contêm aditivos que neutralizam quimicamente qualquer corrosão.

Otimiza o desempenho 

É difícil fazer com que a superfície do metal fique perfeitamente lisa, especialmente quando há partes móveis envolvidas. Para evitar a perda de desempenho do motor, o óleo veda os espaços entre o pistão e o cilindro para otimizar o desempenho geral.

Como uma troca de óleo ajuda?

Conforme mencionado anteriormente, as trocas de óleo são essenciais para a saúde do seu motor. No entanto, você se pergunta por que isso é tão importante?

No passado, os motoristas precisavam trocar o óleo a cada 3.000 milhas. No entanto, o petróleo moderno é mais avançado e não precisamos mais fazer isso. O papel do petróleo não mudou muito. Ele ainda executa as mesmas funções, mas com mais eficiência. Se você não tiver trocas regulares de óleo, o óleo vai engrossar 28 são como a espessura e se torna lodo do motor.

Este trenó, ficaremos nas peças do motor em vez de lubrificá-las. Ele bloqueia as passagens de óleo que deixam o motor sem óleo. O calor do motor endurece o trenó do motor, o que resulta em grandes problemas para válvulas, pistões e injetores de combustível.

Se você ignorar a lama do motor, poderá causar danos significativos ao seu motor. A melhor maneira de evitar o desenvolvimento do trenó do motor é fazer trocas regulares de óleo.

E se eu não trocar o óleo?

Se você está com pouco dinheiro, pode ficar tentado a pular a troca de óleo. No entanto, isso pode acabar sendo mais caro no final.

Um dos principais problemas serão os detritos e contaminantes depositados em seu motor. O óleo é o que mantém o motor limpo, pegando tudo o que não deveria estar ali e levando para o filtro de óleo. Quando o filtro fica entupido, o óleo sujo é reciclado de volta pelo motor.

Contaminantes se acumulam no óleo e ele se torna abrasivo, desgastando as peças do motor e fazendo com que o motor trabalhe mais para mover a lama.

Com que frequência o óleo do motor deve ser trocado?

Acabar com o passado, era recomendado trocar o óleo a cada 3000 milhas. No entanto, devido aos avanços em pesquisa e tecnologia, essa regra não se aplica mais. Você precisa consultar o manual do proprietário para saber com que frequência deve trocar o óleo. Se você não tiver certeza, é melhor trocá-lo com mais frequência do que atrasá-lo.

Posso adicionar óleo em vez de trocá-lo?

Embora seja verdade que você pode adicionar óleo novo ao antigo, isso só deve ser feito em caso de emergência. Ou seja, seu carro está com pouco óleo e você está dirigindo direto para casa e fará uma troca de óleo.

Quando você adiciona óleo novo ao antigo, o óleo antigo simplesmente não desaparece. Em vez disso, ele dilui o novo óleo e diminui sua capacidade de desempenho. O óleo será espesso e arenoso, o que não é ideal para a saúde de um motor.  

Tipos de óleo do motor 

Existem quatro tipos de óleo de motor. Eles estão listados abaixo:

  • Totalmente Sintético
  • Mistura sintética 
  • Alta quilometragem 
  • Convencional

Explicação dos graus de óleo do motor 

A classificação de viscosidade é a característica mais importante do óleo. Isso é indicado pela série de números e letras que estão na garrafa. Por exemplo, 10W-40. 

A viscosidade mede o movimento de um fluido. Ele é dividido em duas características principais:

  • Viscosidade cinemática  
  • Viscosidade dinamica

O primeiro número refere-se à resistência ao fluxo quando você dá a partida no motor a frio. O segundo número refere-se à resistência ao fluxo do óleo na temperatura normal de operação.

Escolhendo o óleo certo para o seu veículo 

Agora que você está ciente de que existem diferentes óleos de motor, você pode se perguntar se deve mudar para um óleo de alto desempenho. No entanto, antes de trocar, você precisa verificar o manual do proprietário. Usar o óleo errado pode causar problemas significativos no motor.

Benefícios do óleo sintético

Normalmente, o óleo sintético custa mais do que o convencional, mas tem vários benefícios que fazem valer a pena. Se você tem um trajeto curto para o trabalho em casa todos os dias, o óleo convencional provavelmente não atingirá a temperatura operacional e, portanto, não queimará o excesso de umidade. Isso significa que ele se decompõe mais rápido. Um óleo sintético flui mais facilmente em temperaturas extremas e oferece maior lubrificação do que o óleo convencional.

Se você estiver usando óleo convencional, é recomendável trocar o óleo a cada 3.000 a 5.000 milhas. O óleo sintético não precisa ser trocado com tanta frequência. você pode ir de 10.000 a 15.000 milhas antes de precisar trocar o óleo.

Normalmente, o óleo sintético contém aditivos como dispersantes e detergentes para manter o motor limpo, diminuir o desgaste e evitar danos potenciais.

Posso mudar meu próprio óleo?

A troca de óleo "faça você mesmo" é uma das coisas mais fáceis que você pode fazer no seu carro. Você não precisa de muito conhecimento mecânico e só precisa de algumas ferramentas. É difícil bagunçar tudo.

Aqui estão as etapas para trocar seu óleo:

  • Comece levantando seu carro do chão com rampas ou macacos.
  • Ligue o motor para permitir que o óleo aqueça. Você deve precisar de apenas cerca de 3 minutos para que o óleo seja aquecido o suficiente para drenar facilmente. Permitir que o motor funcione faz com que o assentamento volte à superfície. Isso significa que você tem uma chance maior de limpar o óleo antigo completamente.
  • Reúna suas ferramentas, incluindo óleo novo, um cárter de óleo, uma chave inglesa, uma tocha e um jornal velho.
  • Desligue o motor. Remova a tampa do óleo. Ele deve estar localizado em algum lugar no topo do motor. Se você não conseguir localizá-lo, verifique o manual do proprietário. Ao remover a tampa, você permite que o ar flua e drene o óleo antigo mais rapidamente.
  • Agora é hora de entrar embaixo do veículo para encontrar o cárter. Este é um prato de metal plano localizado perto da parte inferior do motor. Você verá um plugue ou parafuso na parte inferior dele. Assim que encontrar isso, agrade os jornais velhos e o recipiente que usará para coletar o óleo por baixo do bujão.
  • Remova o plugue. Assim que você fizer isso, o óleo começará a fluir. O óleo normalmente flui em um ângulo, então você pode não saber onde colocar o recipiente para coletar todas as gotas a princípio. É provável que fique confuso.
  • Deixe todo o óleo escorrer da panela. Isso pode levar alguns minutos. O óleo parou de drenar, você pode substituir o plugue ou parafuso. Certifique-se de que está seguro antes de adicionar óleo novo.
  • Antes de começar a encher o reservatório de óleo, é necessário verificar o manual do proprietário para saber a quantidade exata necessária para o seu veículo. Isso deve ser feito antes de ir às compras para que você saiba quanto receberá. 
  • Coloque um funil no orifício na parte superior do motor e comece a despejar o óleo nele.
  • Use a vareta medidora de nível para garantir que você tenha o nível de óleo adequado com base no que diz o manual do proprietário.
  • Substitua a tampa. 
  • ligue o motor e certifique-se de que a luz da pressão do óleo não permanece acesa. Reinicie a luz, se necessário. O procedimento para fazer isso varia de acordo com o seu veículo e deve estar no manual do proprietário.

Conclusão 

Como você viu, o óleo de motor limpo é essencial para um motor saudável. Quando o óleo fica sujo, ele pode engrossar e causar danos ao seu veículo. Se você está com pouco dinheiro, você pode trocar seu próprio óleo, não é tão difícil. Consulte o manual do proprietário para saber qual óleo você deve usar.

Postagem anterior

7 ótimas maneiras de manter a bateria do seu carro em suas melhores condições

Próximo post

Como remover adesivos do vidro do carro - dicas úteis